sábado, 17 de agosto de 2013

Abraão: Pai de Multidões


"Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia.” (Hebreus 11:8)



ABRAÃO
 
 
          No estudo anterior, conhecemos uma pouco mais sobre Noé, e aprendemos que é possível SIM, nós vivermos no meio de pessoas que não amam e nem conhecem ao Senhor e nos mantermos santos e obedientes a Ele. Por causa da sua obediência a Deus, Noé chamou a atenção do Criador e livrou a humanidade da destruição.
 
          Vamos conhecer hoje outro homem que também foi, e continua sendo, muito especial: ABRAÃO. Seu nome, a princípio era ABRÃO, que em hebraico quer dizer: PAI ELEVADO. E era casado com SARAI, mas não tinham filhos.
 
          Abrão e Sarai viviam na cidade de UR dos Caldeus, que vivia mergulhada na idolatria babilônica e na adoração de seu deus-lua padroeiro, e depois foram morar em Harã, uma cidade muito próspera. Certo dia, algo surpreendente aconteceu. Deus falou com Abrão: “Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.” (Gênesis 12:1-3)
 
          Abrão tomou então Sarai, e seu sobrinho Ló, e começou uma caminhada longa, em busca da terra que Deus havia lhe prometido. Vamos pensar um pouco sobre essa atitude de Abrão? Ele e sua esposa viviam muito bem, tinham muitas posses, estavam junto com sua família. Imagine largar tudo isso para ir para um lugar desconhecido, do qual não conheciam nem o caminho? Você teria coragem de fazer isso? Foi uma viagem longa. Abrão e Sarai enfrentaram muitas situações difíceis.
 
           Mas eles perseveraram na promessa que Deus havia feito a eles. Certo dia Abrão teve uma conversa especial com Deus: “Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer? Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro. E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro. Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. E creu ele no SENHOR.” (Gênesis 15:2-6)
Quando Abrão tinha 99 anos, mais uma vez o Senhor falou com ele. “E não se chamará mais o teu nome Abrão, mas Abraão será o teu nome; porque por pai de muitas nações te tenho posto; E te farei frutificar grandissimamente, e de ti farei nações, e reis sairão de ti. (Gênesis 17:5,6).
 
          O sonho de Abraão era ter um filho, e ele guardou a promessa. “E era Abraão da idade de cem anos, quando lhe nasceu Isaque seu filho.” (Gênesis 21:5). Mas a história não acaba aqui. Deus ainda iria testar a obediência de Abraão mais uma vez, no que ele tinha de mais precioso: seu filho Isaque. E disse: “Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.” (Gênesis 22:2)
 
          Como você acha que ficou o coração de Abraão? Esperou por aquele filho tantos anos, e agora teria que sacrificá-lo ao Senhor. Mas ele havia aprendido, em todos aqueles anos, que o Senhor era bom e que nunca faria nada para magoá-lo, que o Senhor sempre cuidava dele. Então resolveu obedecer, mas, no momento do sacrifico, mais um milagre aconteceu na sua vida; Um cordeirinho estava preparado para ser sacrificado no lugar de seu filho Isaque.
 
Qual a lição que aprendemos com Abraão? Duas coisas: FÉ e OBEDIÊNCIA.
Vamos guardar isso no coração?

Google+ Followers

Postagens populares