domingo, 18 de agosto de 2013

As Famílias Sábias Honram ao Senhor

A restituição da honra ao Senhor através de famílias multiplicadoras
             
               

                                                    


          As promessas de Deus sempre foram de multiplicação, prosperidade, domínio. As bênçãos foram estabelecidas em direção à família, desde a criação da humanidade.
 
 
         A família foi a primeira INSTITUIÇÃO criada pelo Senhor para a Sua glória. Porém, a desobediência, que é a mãe da desonra, entrou para destruir o maior projeto criado, o homem feito à imagem e semelhança de Deus.


 
Em Gênesis 3:1-10, está escrito: “Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim. E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás? E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.”
 
          A serpente planta no coração da mulher e do homem a semente da desobediência, que trouxe a perda de todas as promessas recebidas.
 
A desobediência traz diversas perdas, como:
 
1. PERDA DA PRESENÇA DO SENHOR. Ao desobedecerem, a presença do Senhor foi tirada.
2. PERDA DO TERRITÓRIO. O casal perde o direito do Jardim do Éden, o território dado por Deus, o local da segurança, da prosperidade, da fartura... Fora perdido pela atitude da desobediência.
 
          Assim vemos a realidade de tantas famílias que tinham toda a prosperidade, tantas conquistas, mas, por algumas atitudes de desobediência às promessas e às conquistas foram perdidas. A vida é feita de decisões e atitudes, e se não tomarmos cuidado e guardarmos os territórios que Deus nos confiou, podemos perdê-los.
 
          Muitos cônjuges choram AMARGAMENTE a perda de alguns territórios, pois desobedeceram à ordem da aliança. Muitos pais choram a perda dos territórios com seus filhos, pois desobedeceram ao Senhor e renunciaram a autoridade da conquista. Os territórios que Deus nos prometeu, com certeza, Ele nos dará, mas depende das nossas escolhas, depende de obedecermos ou desobedecermos. A escolha é nossa!
 
          Porém, profetizamos que assim como tem sido declarado, de que a Nação estaria rendida aos pés do Senhor Jesus Cristo, também acontecerá na Igreja do Senhor e em cada casa e família. Todos serão cheios da glória, da unção e do poder do Senhor. O Senhor mesmo estabelecerá um tempo novo de conquistas em cada casa, em cada família.
 
          Seu lar será a sede dos milagres de Deus, um lugar onde repousará a bênção do Todo Poderoso, a manifestação da glória do Pai. Declaramos que o Senhor será o centro da sua casa e será estabelecida a vontade do Pai, que é boa, perfeita e agradável. E Ele mesmo guardará cada lar, que verá a restituição do Senhor. Sua família será multiplicadora dentro do plano de Deus.

Google+ Followers

Postagens populares