quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O Passado é passado em Nossas Vidas!!! Adquira Visões Positivas!!!















  MEU PASSADO NÃO INFLUENCIA O MEU FUTURO

    
INTRODUÇÃO

II Corintios 5:17 - Assim que,  se alguem está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 

 
          Muitas pessoas estão nas Igrejas, e acham que nada de bom pode lhes acontecer, porque tiveram dificuldades no passado, fizeram coisas que nem se dá para falar, que só estão salvos, pela misericórdia de Deus, e se acontecer alguma coisa de bom, é lucro, e só foi pela bondade de Deus. Esquecem-se que são novas criaturas, e como diz o versículo acima, as coisas velhas já ficaram lá no passado, que agora é uma nova realidade de vida, tudo foi renovado pelo sangue do Cordeiro, o sangue derramado por Jesus no calvário. Ele já pagou por todos estes pecados que foram cometidos no tempo da ignorância de conhecimento de Deus.

            E como diz o profeta Isaías 43:25, e nem Deus se lembra mais deles, então porque você ainda fica se acusando? Esta acusação vem de Satanás, é ele que está fazendo o máximo para que você desista, e volte para o seu Egito. Paulo ainda nos diz em Romanos 5:20 que onde abundou o pecado super abundou a graça, quanto mais pecados você cometeu antes da sua conversão, e por mais feios que tenham sido, para que eles fossem apagados na mesma proporção, super abundou a graça que vem de Cristo.

I- As coisas velhas já passaram! Tudo se tornou novo!

           Não permita que Satanás fique lhe assoprando ao ouvido toda hora, as coisas que lhe aconteceram no passado, não se esqueça:  passado é passado. Tem um ditado popular que diz: Quem vive de passado é Museu, e você não é museu, é nova criatura e não Museu, diga isto a Satanás, cada vez que ele vier lhe assoprar ao ouvido! Diga-lhe que você é comprado(a) e remido(a) pelo sangue de Jesus, que as coisas velhas ficaram lá na cruz. Tudo se tornou novo! Que ele desista, pois não vai influencia-lo(a)!

II - Os Israelitas no deserto viviam do passado, e ficaram no deserto.

Números 11:5 Lembramo-nos dos peixes que no Egito comíamos de graça, e dos pepinos, e dos melões, e dos porros, e das cebolas, e dos alhos.

          Não tinham uma visão positivas para suas vidas, viviam das lembranças do tempo do Egito, achavam que era melhor serem  escravos, do que ter uma perspectiva de liberdade, de ter a sua própria terra, Deus tinha o melhor para eles, mas eles preferiam ser escravos! Achavam até que Deus os odiava, veja Deuteronômio 1:27 Murmurastes nas vossas tendas, e dissestes: Porquanto o SENHOR (YAOHUH) nos odeia, nos tirou da terra do Egito para nos entregar nas mãos dos amorreus, para destruir-nos. Então não chegaram a terra prometida, ficaram no deserto!  E você o que é que Satanás te faz lembrar para que você deseje, voltar para o lugar de onde você veio?  Você quer voltar a viver pela perspectiva dele? voltar a ser escravo dele? Será que você está tendo uma boa atitude com você mesmo? Ou você está pensando em trocar a sua felicidade pela desgraça e voltar ao seu Egito?

           Deus tem um plano para a sua vida, Ele quer o melhor para você, Ele quer viver com você 24 horas do seu dia, Ele quer participar de tudo em sua vida, dos problemas, das suas dificuldades, das coisas boas que acontecem com você, mas Ele não quer que você fique duvidando de que Ele vai te dar o melhor, pois na sua palavra a Bíblia, que Ele deixou por escrito, para que você não houvesse dúvidas, Ele prometeu o melhor para você, e Ele vai cumprir.

          Ele disse que mesmo aqui na terra, irás bem! Salmos 128:2 Pois comerás do trabalho das tuas mãos, feliz serás, e te irá bem. Veja que Ele não promete que vai cair tudo dos céus, pode até acontecer, como aconteceu no deserto com o maná e as codornizes, porque Ele é o Deus dos impossíveis,  mas o que você pode fazer, Ele não fará por ti. Então trabalhar para sobreviver é tua obrigação, então não fique sentado ai na tua casa achando que o pagamento das suas contas, as sua compras de supermercados, vão cair dos céus, vão ser bancadas por Ele,  porque não vai cair não, e não fique culpando Ele, por isto, pois quem tem que fazer isto é você! Ele tem um plano melhor para você, melhor do que toda a tua existência aqui na terra, o plano de que você viva eternamente com Ele nos céus.

III- Tenha propósitos para sua vida

          Deus quer que você viva dentro de propósitos, que estabeleça alvos para você,  que você estabeleça os alvos  que seguirão a sua vida. Faça bons propósitos, tais como: familiares, de crescimento profissional, de crescimento patrimonial, na Igreja, de ajuda ao próximo, de expansão do Evangelho, ocupe a sua mente com coisas boas. Nunca se esqueça do ditado: Mente desocupada, é oficina do Diabo. Ocupe-se com a expansão da sua vida, e a expansão do Reino de Deus, seja uma benção! O Espirito Santo, estará sempre contigo, Ele jamais desiste de você, Ele te acompanha em todos os momentos da sua vida, e vai ajuda-lo nos bons propósitos.

IV- Os Israelitas não progrediram.

          Os Israelitas não progrediram, porque eles não enxergaram com os olhos da fé, eles somente enxergavam o que estava a frente, e por isto ficaram no deserto. Eles reclamavam e murmuravam o tempo todo, à menor possibilidade de dificuldades se lembravam do Egito, e culpavam Deus, por lhes ter tirado de lá, e queriam voltar para o Egito. E você não está fazendo o mesmo? Quando você passa por uma dificuldade, que muitas vezes foi permitida por Deus, para testar a sua fé, e o que você faz? Murmura contra Deus, diz como disseram os Israelitas, que Ele não te ama, que te odeia.

           Olhe para traz e veja de onde Deus te tirou, e muitos talvez,  se tivessem seguido pelo caminho que vinham, nem estariam vivos hoje, veja o que Deus já fez em sua vida. Olhe para além de onde você está, e veja com os olhos da fé,  que a sua vida será maravilhosa, se você continuar a sua parceria com Deus, seja amigo de Deus, companheiro de Deus, caminhe com Ele, porque Ele tem o melhor para você! Ele tem a solução para todas as suas dificuldades, todos os seus problemas, fale com Ele, converse com Ele, coloque seus problemas para Ele, e tudo será resolvido da melhor maneira possível. Confie Nele! Acredite que o Deus dos impossíveis, que vive com você, irá fazer grandes coisas em você.

V- Jesus como ser humano viveu pelos olhos da fé

          O Espírito que repousou em Jesus, O ensinou a não tomar decisões baseadas no que Ele podia ver ou ouvir. Isaías 11:2-3 diz: E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR (YAOHUH), o espírito de sabedoria e entendimento, o espírito de conselho e fortaleza, o espirito de conhecimento e temor do SENHOR(YAOHUH). e deleitar-se-á no temor do SENHOR (YAOHUH) e não julgará segundo as vistas dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.

          Jesus andava pelo discernimento do Espírito Santo, que pousou sobre Ele, no seu batismo nas águas. Faça o mesmo com você, não viva somente por aquilo que você pode ver, mas viva pela fé, na certeza daquilo do que Deus pode fazer em você. Veja pelos olhos da fé que seu futuro é maravilhoso, porque assim como em Jesus, o Espírito Santo de Deus, repousa em você, e você tem sabedoria, entendimento, espirito de conselho e segurança, e de conhecimento e temor de Deus, então viva pelos seus princípios, os de Humildade, submissão e dependência de Dele.

Hebreus 11:1 nos diz:  Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem. Então tenha por base, por fundamento na sua vida, a fé, e tudo o que você espera de Deus, acontecerá, não por olhos humanos, mas pela graça de Deus, o que você planejou, dentro das perspectiva de Deus, acontecerá pela graça de Deus. Confie Nele!

VI - Os israelitas somente viam as suas circunstâncias.

          Os israelitas nunca enxergaram além das suas circunstâncias veja Números 14:2-4 E todos os filhos de Israel murmuraram contra Moisés e Arão; e toda a congregação lhes disse: Quem dera tivéssemos morrido na terra do Egito! ou mesmo neste deserto! E porque o SENHOR (YAOHUH) nos traz a esta terra, para cairmos a espada, e para que nossas mulheres e crianças sejam por presa? Não nos seria melhor voltarmos ao Egito? E diziam uns aos outros: Constituamos um líder, e voltemos ao Egito.

          Quando eles passaram por alguma provação ou algo muito difícil em suas vidas: Eles nunca ofereceram um sacrifício de louvor a Deus, por tudo o que já haviam passado, e por todas as situações que Deus já os havia livrado. Murmuravam o tempo todo, e pensavam o tempo todo,  que era melhor estarem mortos, queriam voltar ao Egito, queriam voltar a ser escravos. Não confiavam em Deus!

VI- Egito significa escravidão de Satanás

          Muitas pessoas que estão dentro de nossas Igrejas se desviam quando as coisas se tornam difíceis, e querem voltar para o seu Egito, e isto é voltar atrás, é tornar-se escravo de Satanás novamente, e então murmuram e acusam a Deus, mas como disse anteriormente Deus só faz aquilo que você não pode fazer, o que você pode fazer, Ele deixa na sua responsabilidade, e quando as coisas realmente se tornam difíceis, é porque você não fez a sua parte, a humana, então Deus não pode completar, com a parte Divina. Você não faz a sua parte, e impede Deus de abençoa-lo. E o pior você o culpa! Mas se existe um culpado na história, é você mesmo! Pois Deus quer e sempre quiz o melhor para você, mas para que isto aconteça você tem que fazer a sua parte.

          O mesmo Espirito que desceu sobre Jesus, e o capacitou, conforme a profecia de Isaías 11:2-3, está com você, você foi selado por Ele, quando passou pelo processo de arrependimento e tornou-se uma nova criatura, então este mesmo Espirito, que é o Espirito Santo de Deus, nos capacita a fazer coisas impossíveis, mas você tem que fazer a parte humana. Deus podia multiplicar os pães e os peixes, e saciar a fome daquela multidão, através de Jesus, porém era preciso a parte humana, os pães prontos, e os peixes pescados e fritos, prontos para comer. Deu para entender?

          Quando eu era estudante, tinha uma quantidade de pontos que teria que ser obtido através do ano, que era o somatório das notas das provas, eram 28 pontos nos 4 bimestres, então para que eu não ficasse de exame, e passasse direto, eu tinha que tirar no minimo 7 em cada prova. E o exame era a prova da repetição de todos os bimestres, se eu durante o ano, não havia provado, que tinha aprendido, teria que demonstrar no exame final que aprendera, senão repetiria o ano.  Na nossa vida é a mesma coisa, se você não quer repetir a prova que Deus te coloca, então passe na primeira! Enquanto você não provar que subiu um nível acima, você vai ficar no deserto. Enquanto você não mudar a sua atitude, e passar a viver os princípios de Deus, você vai ficar no deserto, e não subirá a um nível mais alto.

          As atitudes negativas que você toma, como murmurar, não confiar em Deus, não amar o seu próximo, viver pela soberba de Satanás, atrasam você, como atrasaram os Israelitas Veja Números 20:3-5 E o povo contendeu com Moisés, dizendo: Quem dera tivéssemos perecidos, quando pereceram nossos irmãos perante o SENHOR (YAOHUH). E porque trouxeste a congregação do SENHOR (YAOHUH) a este deserto, para que morramos aqui, nós e nossos animais. E porque nos fizeste subir do Egito, para nos trazer a este lugar mal? Onde não há sementes, nem de figos, nem de vide, nem de romã, e nem tem água para beber. Por estas atitudes ficaram no deserto, veja Números 20:12 Então disse o SENHOR(YAOHUH) a Moisés e Arão: Porquanto não creste em Mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isto não introduzirei esta congregação na terra que lhes tenho dado. 

          Conosco hoje é a mesma coisa, atitudes negativas, nos atrazam, nos fazem ficar no deserto. Os Israelitas sempre perguntaram a Deus porque? Mas Deus queria que confiassem Nele, sem ficar perguntando, na certeza de que Deus tinha o melhor para Ele, pois quantos milagres Deus já tinha operado sobre eles até aquele momento? Foram muitos: a travessia do mar vermelho, o maná, as codornizes, a manifestação de Deus no monte Horebe quando entregou as tabuas da Lei, a nuvem e o fogo que os acompanhava, a construção do tabernáculo, a arca da aliança, onde Deus falava diretamente com Moisés e Arão, será que tinham motivos para alguma dúvida?

           E você? quantas coisas Deus já fez em sua vida, de quantas situações difíceis Ele te livrou, será que você ainda tem alguma dúvida?

          Nós somos todos iguais, nos não somos diferentes daqueles Israelitas, as atitudes que muitas vezes tomamos, são idênticas as deles, então continuamos com as mesmas atitudes negativas dos Israelitas. Os Israelitas só reclamavam veja Números 21:4-5   Então partiram do monte Hor, pelo caminho do mar vermelho, a rodear a terra de Edom; porém a alma do povo angustiou-se naquele caminho. E o povo falou contra Deus e contra Moisés:Porque nos fizestes subir do Egito para que morrêssemos neste deserto? Pois aqui nem pão e nem água há; e nossa alma tem fastio deste pão tão vil.

          Reclamavam e desprezavam o maná que Deus lhes dava. Tinham atitudes negativas, e isto vinha dos seus corações. As nossas atitudes demonstram o que está em nossos corações, não é o que eu falo, mas o que eu faço, que demonstra o meu interior. Já vi muitos dizerem: Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço, o que eu faço é o que esta em meu coração, outros dizem: O fim justifica o meio, errado! se uso meios escusos para atingir um fim, é os meios que dizem que eu sou!

          Será que você, também,  como os Israelitas, não consegue enxergar o que Deus tem feito por você? Fica reclamando o tempo todo, murmurando contra Deus, e desprezando aquilo que Deus já tem feito em sua vida? E usando meios escusos contra meu próximo para se dar bem, e falando uma coisa e fazendo outro, então  Deus não pode nos abençoar, enquanto tivermos atitudes que lhe desagradam, Ele quer que você seja Humilde, de maneira que possa reconhece-lo como seu superior, e que você não deve ficar reclamando ou murmurando, porque Ele sabe o que é melhor para você. Ele espera que você seja submisso e dependente Dele, e que confie Nele, porque Ele tudo vê, Ele tudo sabe, e te conhece até o fim de seus dias, então Ele sabe o que é melhor para você, porque sabe o seu futuro, que é uma coisa que nem você não pode saber, mas Ele sabe! Então confie Nele, como fez Abraão.

VII - Abraão o pai da fé

Gênesis 13:14-17 diz: E disse o SENHOR (YAOHUH) a Abrão, depois que Ló se apartou dele: Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para o lado do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente; porque toda esta terra que vês, te hei de dar a ti , e a tua descendencia, para sempre. E farei a tua descendencia como o pó da terra; de maneira que se alguem puder contar o pós da terra, também a sua descendencia será contada. Levanta-te percorre esta terra, no seu comprimento e na sua largura; porque a ti a darei.

          Abraão usando os princípios de Deus, deixou que Ló, escolhesse a terra, deu preferência a Ló, demonstrando que amava a seu sobrinho Ló, que amava o seu próximo, e que queria o melhor para ele. Aparentemente Ló escolheu o melhor, os melhores campos, as melhores pastagens, veja o versículo 10 era como o Jardim do Senhor, era como o Jardim do Edem, e para Abarão sobrou as montanhas, um amontoado de pedras, e terras semi áridas, e Abraão não ficou triste por isto. Teve que recomeçar tudo de novo, mas não reclamou, não murmurou, e  nem blasfemou contra Deus.

          Mas isto, a escolha bela que Ló havia feito,  só era na aparência,  pois era a terra em que habitavam os povos de Sodoma, homens maus, grandes pecadores contra Deus ( Versículo 13). Mas Deus reconhece a humildade de Abraão, vê os seus princípios estabelecidos em Abraão, então o torna o pai da fé. Abraão teve que começar tudo de novo, porém a atitude do seu coração era positiva, e assim Deus pode abençoa-lo, e torna-lo no pai da fé.

          Mas esta foi somente mais uma atitude positiva reconhecida por Deus na vida de Abraão, Deus já havia testado anteriormente, e dito para ele, sair do meio da sua família, e ele obedeceu cegamente, sem saber para onde ia.(Hebreus 11:8) Quantos de nós estamos dispostos a deixar nossas famílias, por uma ordem de Deus? Aquilo que consideramos muitas vezes como nosso porto seguro. Mas Abraão obedeceu a Deus, confiou Nele, e foi. 

          E veja qual foi a atitude de Abraão, quando Deus lhe prometeu a terra,(Gênesis 13:18) e era a segunda vez que Deus lhe prometia isto (Gênesis 12:7) , veja que Deus havia somente prometido, ainda não havia cumprido, mas Abraão foi aos Carvalhais de  Manre, em Hebrom, e levantou um altar a Deus, a mesma atitude que ele tinha tomado na primeira vez, quando veio de Ur  levantou um sacrifício de louvor a Deus, pela promessa. E levantou as duas vezes, em meio a Idolatria, pois este local era um lugar sagrado para os cananeus, eram o lugar onde eles também levantavam altares para adorar a Baal e os carvalhais de Manre, eram considerados  sagrados para a comunicação com deuses, principalmente a Asera, que no entendimento deles, era a esposa de Deus.

          E qual tem sido tua atitude diante das promessas que ainda não se cumpriram na sua vida? Tem feito sacrifícios de louvor a Deus por elas? Tem levantado suas orações na sua vida? Tem feito sacrifícios de louvor a Deus por elas? Tem levantado suas orações, em meio aqueles que não acreditam nas promessas que Deus te fez?  e ficam duvidando de você, e te achando até meio idiota, ou você se tem deixado ser convencido pelos incrédulos, a pedir para os "santos" ou até lá no centro espirita?  filhos de Satanás! E você  tem resmungado e murmurado e duvidado de Deus,  por que ainda não se cumpriu? O cumprimento dela vai depender da sua atitude, Deus fica esperando a sua atitude!

          Deus havia prometido a Abraão aquela terra, mas a única terra que teve de dele mesmo, foi a sua sepultura, e comprou esta terra com o seu dinheiro, 400 ciclos de prata (Gênesis 23) e foi onde ele levantou o altar, para agradecer a Deus pela promessa da terra, foi ai que ele também sepultou a sua esposa Sara, e também foi sepultado pelos seus filhos, Isaque e Ismael, mas tanto ele, como Isaque e como Jacó, só peregrinaram por ela, mas nunca a possuíram(Hebreus 11:9) mas nunca desistiram de confiar na promessa de Deus (Hebreus 11:10). Muitas das promessas que Deus tem feito a você somente se cumprirá na sua descendência, e você tem que ser agradecido a Deus por isto, porque seus filhos e seus netos serão abençoados por Deus, pela sua vida, pelas suas atitudes diante de Deus.

          Abraão Isaque e Jacó, não tiveram terras, mas eram riquíssimos, foram muito prósperos, abençoados grandemente por Deus, porque confiavam no Deus que criam, e nunca duvidaram das promessas, mesmo que seus olhos nunca tenham visto a sua concretização! Passavam sobre elas, viam-nas, mas não as possuíram.  E a promessa que Deus fez a Abraão, levou mais de 400 anos para se cumprir. E você reclama, resmunga, murmura por alguma coisa que as vezes demora uma semana, um mês etc.. Assim como Deus esperava uma atitude positiva de Abraão, Ele espera o mesmo de você.

          Se alguém um dia chegasse para você, e de dia em pleno solzão, e dissesse olha para os céus, e conta as estrelas dos céus! Você diria é louco! Pois foi o que Deus fez com Abraão. Estes dias comentando isto com um irmão na Igreja, ele me perguntou se eu sabia, que os fatos históricos de Abraão não estão na ordem cronológica de tempo, mas isto irmãos ele viu, em hipóteses que alguns teólogos, levantaram, e como já disse outra vez, Ciências e Teologia, são muitos parecidos, quando um ou outro, não encontram uma explicação lógica, então levantam hipóteses, teorias, nada provado, e pregam isto como verdadeiro, e muitos são enganados. Pois este que não enxergam  a multiforme sabedoria de Deus, que é pela fé, dizem que o capitulo 15 de Gênesis, são três histórias distintas, e isto começou a partir de 1970, quando alguns estudiosos, e nem todos cristãos, começaram a comparar, textos bíblicos, com achados arqueológicos, e chegaram a conclusão que as historias bíblicas, não podem ser aceitas ao pé da letra, surgem outra corrente de interpretação teológica, e é claro que não é preciso dizer que está por traz disto, o próprio Satanás, que mais uma vez coloca em duvida a palavra de Deus, como vem fazendo desde de Eva, estes acham que a Bíblia contém a palavra de Deus, mas não é a palavra Deus, duvidam da inspiração bíblica de Deus.

          A história bíblica de Abraão é sequencial, desde o dia que saiu de Ur na Caldeia, até a sua morte, e enterro pelos seus filhos em Manre. Dizem que o capitulo 14 foi inserido posteriormente ao texto, pois como dizem: " De repente Abraão é transformado em um herói militar", nisto está mais uma prova do desconhecimento que eles tem,  da multiforme sabedoria de Deus, estes reis eram todos amorreus, e viviam nas montanhas, a Cordilheira do Monte Líbano,  e transformaram aquele lugar num centro idolatra a Baal, tanto que a principal cidade em Basã, o reino de Ogue, se chamava Astarote, ou seja a cultuada por eles Astarote, a esposa de Baal, e o capitulo 14 está ligado, ao que Deus disse a Abraão, que a sua descendencia só herdaria a terra 400 anos depois, pois a medida de injustiça dos amorreus ainda não estava cheia, não vou falar muito sobre isto, estou escrevendo uma outra postagem, sobre o Sacerdócio Levítico, e lá eu explico melhor isto, mas para você não ficar muito no ar, a medida de iniquidade dos amorreus só se encherá no amargedom ( Apocalipse 16:16) quando Satanás será derrotado no monte Hermom, que é o monte Sião, na planície do Megido, onde começou sua revolta, e é onde ela vai terminar.


           E  se você achar que Deus vai agir pela razão humana, você vai se decepcionar, porque ele promete e espera a suas atitudes para cumpri-la, te coloca a prova, com Abraão não foi diferente, ele precisava aprender a enxergar pelos olhos da fé, para poder ser o pai da fé. Prometeu uma terra para ele e sua descendencia e levou mais de 400 anos para cumprir, e antes de cumpri-la, ainda tornou a descendencia de Abraão, escrava de descendente de Cananeu, os Egípcios, e Ele havia dito através de Noé, que Canaã, o que gerou os Egípcios, seria, escravo dos descendentes de Sem, o que gerou a descendencia de Abraão, e a principio foi o inverso, tem alguma lógica isto? É a multiforme sabedoria de Deus, não tem logica mesmo!

Gênesis 15: 1- 4 Deus promete a Abraão, um filho, e ele,  meio que esboça uma atitude de desconfiança, pergunta se seria Eliezer, seu mordomo, pois era seu filho adotivo, e segundo o código Hamurábi,  a Lei da Caldeia, de onde ele tinha vindo, o filho adotivo era o seu herdeiro, mas a preocupação de Abraão era que ele não tinha um primogênito, para assumir o sumo-sacerdócio por genealogia de Adão, instituído por Deus, nos céus.

          Então Deus vendo a atitude dele, de desconfiança. diz sai da tua tenda, vem para fora.(verso 5) pois estava dentro da sua tenda, Deus diz vem para fora, porque ai dentro da tenda sua visão é limitada, aos quatros lados da tenda, olha para os céus e conta as estrelas dos céus, e desafia mais a Abrão e diz, se puderes contar! Se fosse numa noite clara, a quantidade de estrelas seria enorme, impossível de conta-las pois existem bilhões de estrelas, somente  Deus pode contá-las  e conhece cada uma delas e sabe o seus nomes (Salmos 147:4) e então esta tarefa para Abraão seria impossível.

          Mas e se eu te dissesse que não era noite era dia, veja a sequência do texto o verso 12 E pondo-se o sol... Então isto aconteceu de dia, estava dentro da tenda porque o sol deveria estar rachando mamonas como diríamos hoje, de tão quente,  pois era uma região semi-árida, e ele saiu para fora em obediência a Deus, e  só viu uma estrela no céu, o sol, e pior nem tinha noção que o Sol era estrela, então ele não viu nenhuma, e qual foi a atitude dele? creu! Apesar de não estar vendo nada, quem estava lhe falando era o Deus único, o Deus Altíssimo, o Deus dos impossíveis, ele não mente se promete cumpre! Então pela atitude positiva de Abrão, Deus chegara ao ápice de prova para Abraão, realmente ele estava preparado para ser o pai da fé, o homem que acreditava em Deus independente do que ele via! e isto foi lhe imputado por justiça (verso 6). Muitos acham que a maior prova de fé de Abraão foi oferecer seu filho Isaque em sacrifício, mas não foi! A maior prova de fé de Abraão, foi acreditar em Deus, mesmo não vendo nada, pois sabia que quem lhe falava era fiel para cumprir.

          Deus faz um pacto com ele, com três tipos de animais, e isto era comum entre os povos daquela época, dizia a tradição, que quem quebrasse este tipo de pacto, morreria como os animais, separados ao meio.(versos 7 a 11) eis outra evidencia de que era dia, o verso 11, e Abraão as enxotava as aves derrapinas que desciam sobre os animais Veja eram aves derrapinas, e elas somente se alimentam a luz do dia, a noite vão para as arvores e dormem, pois se procurarem comida durante a noite, podem se tornar comida dos animais noturnos, então tem por habito comer durante o dia, e dormir a noite, e numa arvore bem alta, para não correr riscos.

          Então Abraão cai num profundo sono, e o versículo diz que grande espanto, grande escuridão caiu sobre ele (Verso 12) e sabe o que ele viu neste sonho? a sua descendência, do principio ao fim. Agora ele viu, Deus lhe mostrou. Nesta visão ele viu a Jesus, veja o testemunho do fato por Jesus, João 8:56 Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o e alegrou-se. E no verso 13 , Deus confirma o que ele havia visto, Sabes, de certo...Então quando Deus pediu para ele sacrificar a Isaque, ele não teve dúvida alguma em faze-lo, pois se vira a sua descendência, e ela dependia da existência de Isaque, de alguma forma, mesmo que o oferecesse em sacrifício, Deus o ressuscitaria. Ele viu Jesus ressuscitar, por isto não tinha nenhuma dúvida, em oferecer Isaque em sacrifício.

          E Abraão como descendente sacerdotal de Adão, por genealogia, sabia da promessa que Deus havia feito a Eva, de que um primogênito varão, da descendência dela e de Adão, seria o Messias, e restauraria a aliança entre Deus e o homem. Então quando nasceu Caim, Eva , exultou por ele, pois achou que seria ele, Caim se desviou, quando nasceu Sete, exultou por ele, mas não era ele, e isto foi se estendendo, e quando Deus pede Isaque, Abraão exultou por isto, pois Isaque poderia ser o Messias, apesar dele ter visto Jesus, mas no seu entendimento, a multiforme sabedoria de Deus, poderia mudar a história da descendência, e Isaque ser o Messias, mas não era, como todos nós sabemos.

          O ápice de provas de Abraão, não foi oferecer Isaque como Deus lhe pedira, testando-o por uma última vez, esperando qual seria a sua atitude, e a sua resposta em atitude: foi de obediência, e isto agradou profundamente a Deus( Gênesis 22:12)  mas o ápice de obediência e fé de Abraão, foi olhar para o céu, de dia, não contar estrela alguma, pois não viu nenhuma, e acreditar no invisível, pois quem prometera era fiel para cumprir, e isto lhe foi imputado por justiça.

          O mesmo não aconteceu com a sua descendencia no deserto, o mesmo não aconteceu com os fariseus, que desafiavam Jesus nos texto de João 8, veja o verso 57 Disseram lhe, pois os judeus: Ainda não tens cinquenta anos, e viste Abraão? Os judeus nunca mudaram a sua atitude, desde o Êxodo ate Jesus, só entendiam o que podiam ver com os olhos humanos, e quiseram apedreja-lo. E você? o que está vendo? está enxergando pela visão humana, ou pela visão da fé? No diálogo de Jesus com os judeus, do texto de João 8, entre os versículos 56 e 57, dá para perceber, que foi omitido a fala de Jesus que Ele também vira a Abraão, nos seus dias, pois a resposta dos judeus é uma pergunta no versículo 57, então pelas palavras do texto podemos concluir que realmente Jesus viu os dias de Abraão, pelas próprias palavra de Jesus no verso 58 Disse-lhes Jesus: Em verdade em verdade vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou! esta palavra "eu sou" foi escrita assim, mas na verdade Jesus disse que ele era YAOHUH, ou seja o tetragrama, o verdadeiro nome de Deus, Jesus disse que era o próprio Deus.

          João não colocou o tetragrama no texto, porque poderia ser apedrejado, por blasfêmia, conforme determinava a Lei, e naquele período, a simples pronuncia do Nome YAOHUH, era motivo para apedrejamento, e foi o que aconteceu com Jesus, quiseram apedrejá-lo.

          Mas a pergunta fica, como Jesus viu os dias de Abraão? você vai dizer, bom se Ele era Deus, e estava com Deus desde o principio, também viu os dias de Abraão lá dos céus, mas eu te digo que além destas visões, além da visão do sonho de Abraão da sua posteridade, eles se viram como humanos, olhos por olhos!

          Veja o texto de Gênesis 14: 18-20 Abraão volta das batalhas em que derrota os reis amorreus, e vai ao encontro de Melquisedeque, Rei de Salém, Sacerdote do Deus Altíssimo, e dá o dizimo dos despojos.

          Salém, em hebraico " Oleym" era cidade que ficava aos pés do monte onde Abraão ofereceria Isaque a Deus. Salém significa em Hebraico "Paz", e o monte onde Abraão sacrificaria Isaque, ficou conhecido como YAOHUH-Yaoroeh, ou seja "no monte do SENHOR(YAOHUH) se proverá", a cidade de Salém, passou a ser chamada de YAOHUSHUAOLEYM ou seja "DEUS SALVA(ou PROVERÁ) A PAZ" que é a cidade que conhecemos como "Jerusalém".

No texto de Hebreus 7:1-4 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; A quem também Abraão deu o dizimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois Rei de Salém, que é rei de paz; Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo principio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre. Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.
 
          Veja Melquisedeque um homem, sem pai e mãe, sem genealogia, sem princípios de dias e fim de vida, rei de Justiça, rei de Salém, rei de Paz, e o texto ainda diz, considerai quão grande era. Semelhante ao Filho de Deus, a quem Abraão deu o dizimo. Era o próprio Jesus, pois quem é o rei de justiça? Jesus! ( Isaías 32:1) quem é o rei de paz ? Jesus! (Salmos 72:7) quem vem para ser aclamado rei em Jerusalém? Jesus! ( Lucas 19:38/ Salmos 24, Apocalipse 19:16).

          Então Jesus viu a Abraão em seus dias, o abençoou, e recebeu os dízimos das matança dos reis amorreus, idolatras, que viviam nas montanhas, no monte Seir, ou também conhecido como Sião, ou Hermom (Deuteuronômio 4:48), o lugar onde hoje conhecemos como a cordilheira do Monte Líbano,  local da revolta de Satanás, local onde moraram os descendentes de Sete antes do diluvio, e depois do diluvio, foi habitado pelos amorreus, que tornaram aquele lugar num centro de idolatria, a medida de injustiça como disse Deus a Abraão, em Gênesis 15:16, só se encherá na batalha do Armagedom, ou seja na planície do Megido, onde moravam os descendentes de Caim, antes do diluvio, que se estende desde o monte Seir, até o mar morto (Gênesis 14:6). Veja a profecia de Ezequiel 35:15 Como te alegraste da herança da casa de Israel, porque foi assolada, assim te farei a ti; assolado serás, ó monte Seir, e todo o Edom, sim, todos ele; e saberão que eu sou o SENHOR(YAOHUH) 

          Alguem um dia me disse, mas já tenho lido estes capítulos tantas vezes, e nunca tinha percebido isto! É porque se leu com os olhos humanos, e não os olhos da fé, para se poder enxergar a multiforme sabedoria de Deus. E você com que olhos tem lido os textos bíblicos? Ou você também acha que os textos não são a palavra de Deus, apenas contem a palavra de Deus, e que parte dos textos houve incersão, de texto, como caso dos capítulos 13;14 e 15 Gênesis? Preste atenção meu irmão isto é cilada de Satanás, quem tem interesse em desacreditar os textos bíblicos é ele!

VIII - A escolha de Ló foi a sua derrota

          Ló com uma atitude negativa, egoísta, provocou uma situação, para poder se dar bem! Quantos de nós não fazemos o mesmo todos os dias, provocamos situações, para podermos aparentemente nos darmos bem, levarmos vantagem, sobre nossos próximos, e como no caso de Abraão e Ló, próximos bem próximos, dentro da própria família. Ló aparentemente escolheu o melhor, mas na verdade, escolheu foi a sua destruição. Ló era temente a Deus, tanto é que quando disse a Abraão que destruiria Sodoma e Gomorra, Abraão foi questionando a Deus, sobre a existência de justo, e chegou somente em Ló. Então era temente a Deus, e Deus o tirou de Sodoma ( Gênesis 19:29)

          Mas Deus destruiu a região que ele escolhera, que parecia com o Jardim do Edem, veja versículo 10 de Gênesis 13, parecia Jardim do Edem até Deus destruir a Sodoma e Gomorra, então aquela planície verdejante, se tornou num deserto, pela iniquidade do povo que nela habitava. E nesta destruição, Ló perdeu a sua esposa, porque desobedeceu a Deus, olhou para traz, e se tornou em uma estatua de Sal,(Gênesis 19:26) suas filhas, achando que o mundo havia terminado, que não existiam mais homens na terra, o único que sobrara era seu pai Ló, o embebedaram e praticam incesto com ele,(Gênesis 19:36) criam dois povos, inimigos ferrenhos do povo de Deus, os Amonita e os Moabitas, e é a ultima citação bíblica de Ló, desaparece da história, como bêbado, e o que cometeu incesto com as filhas.

          A escolha de Ló foi a sua destruição. Não se sabe exatamente a posição geográfica de Sodoma e Gomorra, mas pela descrição bíblica, pelo fato dos Moabitas e Amonita, ocuparem a terra, Moabe abaixo do ribeiro de Harmom, fazendo divisa com Edom, e Amom acima do ribeiro de Harmom, fazendo divisa com a Síria, e é a região onde se localiza o mar morto, possivelmente esta cidades que se transformaram em sal, estavam localizadas onde hoje é o mar morto.

          Deus conhecia o futuro de Abraão e o futuro de Ló, e pelas atitudes um foi abençoado, e o outro destruído, Deus não podia interferir na escolha de Ló, apesar de saber o que lhe aconteceria, pois se o fizesse estaria sendo soberbo, e este principio é de Satanás e não Dele, Deus é Humilde e não subjuga ninguém, respeita as escolha que fazemos pelo nosso livre arbítrio.

          Então nem sempre as escolhas que fazemos são as melhores para nossas vidas, tem até um ditado que diz: Nem tudo o que reluz é ouro,  muitas vezes aquilo que achamos, que é fundamental para nossas vidas, que seria o ápice de nosso relacionamento com Deus, e pedimos e imploramos, e Deus não nos concede, porque ele conhece o nosso futuro e sabe que aquilo pode ser nossa destruição, como foi com Ló, e então resmungamos, reclamamos, murmuramos, porque não enxergamos com os olhos da fé, mas com os humanos.

          Muitas vezes, aquela mulher linda que você acha que deve ser a sua esposa, ou aquele homem maravilhoso, que você acha que deve ser seu marido, é a sua destruição. Eu tenho um amigo que um pastor, uma benção por sinal, que quando adolescente, pediu e implorou, e resmungou e murmurou, porque queria casar com a Xuxa, e Deus não concedeu, porque seria a destruição dele, hoje ele é muito bem casado e feliz. E quando você vê o seu casamento desmoronando, por causa do "mulherão" ou do "Bonitão" então você vem a Igreja chorando e pedindo oração! Mas não foi você quem escolheu? Deus pode até interferir por causa da sua autorização, a oração, pela misericórdia, mas foi a sua soberba, o seu livre arbítrio que o levaram a esta situação.

          Antes de assumir um compromisso com alguem, coloque esta situação para Deus, e se Ele lhe responder que não, e isto normalmente acontece da seguinte forma: Os familiares são contra, principalmente pai e mãe, a Igreja é contra, e não são contra porque não gostam de você, são contra,  porque realmente gostam de você, e normalmente Deus levanta estes, familiares e Igreja para dará posição Dele, para você. Se você insistir, e pode! Pois pelo seu livre arbítrio, você insistir e até casar com a pessoa, mas saiba que vai dar problema, principalmente se esta pessoa, não for temente a Deus, como você.

         Você pode até achar que isto é coisa do passado, do tempo da sua avó, mas não é não, veja o casamento de Isaque com Rebeca (Gênesis 26) Isaque, não estava desesperado para se casar, permanecia ali, ao lado de seu pai Abraão, preocupado com o trabalho. Seu pai, foi quem enviou o seu servo, para escolher a esposa, Isaque nem deu palpite, só foi ver o rosto dela, quando manteram a primeira relação conjugal. Deus esteve presente nesta escolha o tempo todo, pois conhecia o futuro de Isaque e sabia quem era a melhor esposa para ele. E olha que ele era riquíssimo, então pretendente não faltavam, mas tinha que ser a escolhida por Deus.
 
          Viva na submissão e dependência Dele, sinta-se alegre e levante orações de agradecimento, pelo que já tem feito em sua vida e ainda vai fazer, pela humildade, mesmo que seja uma pequena coisa, pois uma pequena coisa pode se tornar numa enorme coisa, junto com Deus, e é o que Abraão fazia, por isto foi o pai da fé. Ló só enxergou pelos olhos humanos, a paisagem linda!  E a paisagem linda foi a sua destruição. Para Abraão sobrou as montanhas aquele amontoados de pedras, semi árido, feio, mas foi a sua exaltação. Por isto Jesus disse: Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se tornar humilde, será exaltado. então como diz o Salmista, no Salmos 37:5 Entrega o teu caminho ao SENHOR (YAOHUH) confia nele, e Ele tudo fará. Então meu irmão, viva os princípios de Deus para a sua vida que são: Humildade, Submissão e Dependência de Deus, confia Nele e as promessas que você espera Ele fará.

CONCLUINDO
 
Isaías 43:18-19 diz: Não vos lembreis das coisas passadas, nem considerais as antigas. Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? eis que porei um caminho no deserto, e rio no ermo. Então meu irmão, viva o seu presente, pela graça de Deus, esqueça o teu passado, as coisas que aconteceram, perdoe as pessoas que te magoaram no passado, não deixe Satanás ficar te lembrando das coisas que você fez, ou que fizeram com você, entregue o teu futuro aquele que cuida de você, que conhece o seu futuro, faça a tua parte como ser humano, trabalhe para sua sobre vivencia sua e de sua família, e as demais coisas vos serão acrescentadas. E seja uma benção nas mãos de Deus, como Abraão foi.

Google+ Followers

Postagens populares