domingo, 25 de agosto de 2013

Haverá Ser Humano no Céu?! Sim haverá segundo as Escrituras...


O LUGAR DOS MORTOS - Parte 3

    
          Como vimos nas postagem anteriores, I e II, os mortos estão no sheol, e no sheol existem duas regiões, uma para os mortos salvos, e outra mais profunda, o sheol dos condenados. E existe duas regiões, e para se saber, quem vai para cada uma delas, tem um julgamento!

Hebreus 9:27-28 diz: E dado que, os homens morrem uma só vez, e depois disto vem o julgamento, assim também Cristo Se ofereceu de uma vez por todas, para tirar o pecado de muitos. Ele aparecerá uma segunda vez, sem nenhuma relação com o pecado, para aqueles que O esperam para a salvação.

         Então a palavra é clara, este julgamento vem após a morte física. Quem julga? veja João 5:26-27 Pois como o Pai tem a vida em si mesmo, assim também deu ao Filho o ter a vida em si mesmo, e lhe conferiu o poder de julgar, porque é o Filho do Homem. Então quem julga é o próprio Jesus Cristo.

          E Ele, Jesus diz em João 5:30 De mim mesmo não posso fazer coisa alguma. Julgo como ouço; e o meu julgamento é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.  Então o próprio Jesus diz: que sem ouvir a cada pessoa, ele não julga, e que este julgamento é justo, porque é a vontade do próprio Deus. Então cada alma que chega ao sheol, é ouvida pelo próprio Jesus, sobre as razões, que o levaram a maneira de viver aqui na terra, e então Ele julga.

João 5:29 diz: os que praticaram o bem irão para a ressureição da vida, e aqueles que praticaram o mal ressuscitarão para serem condenados.

          Então é após a morte física da pessoa, quando sua alma se dirige ao sheol, é feito a separação, pelo próprio Jesus, ou para o sheol dos salvos, ou para o sheol profundo, dos condenados. O apostolo Paulo, nos fala em II Corintios 5:10 Porque teremos que comparecer diante do tribunal de Cristo. Ali cada um receberá o que mereceu, conforme o bem ou mal que tiver feito enquanto estava no corpo.

          Mas Jesus também não disse ao ladrão na cruz que: hoje estaria com Ele no paraíso? O versículo no original grego, não tem virgulas ou pontos, lá esta escrito: Jesus respondeu-lhe em verdade te digo hoje estarás comigo no paraíso. (Lucas 23:43)

Veja as traduções:
Almeida Corrigida Revisada Fiel: "E disse lhe Jesus: Em verdade te digo hoje estarás comigo no paraíso."
Almeida da Impressa Bíblica: " Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo hoje estarás comigo no paraíso."
NVI - Jesus lhe respondeu: " Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso."
Versão Católica: Jesus respondeu-lhe: Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso."

          A Bíblia não é incoerente, e nem contraditória, as versões nos levam ao erro, porque quem traduz, dá o sentido ao texto, baseado naquilo que crê. Vimos Jesus na sua caminhada para Jerusalém, e alguns dias antes, falando o que era o Reino de Deus, falou sobre a parábola do Rico e de Lázaro, usando como material da parábola, o Sheol,  o Amoq Sheol e o Takhtiy Sheol, coisas que eram do conhecimento dos Judeus, e lhes explicou a situação em que ficam os mortos até a sua segunda vinda.

          Então seria uma incoerência de Jesus, dizer ao ladrão que hoje mesmo ele estaria com Ele no paraíso, ou como diz a NVI " Eu lhe garanto", visto que todos os mortos estão no sheol, ou nos dos salvos, ou nos dos condenados, vamos ver, e  isto daqui a pouco, que ninguém ainda está nos céus, e também ainda não existe ninguém no inferno, isto ainda vai acontecer. Estão todos no sheol, o que Jesus realmente disse ao ladrão foi: "Jesus respondeu-lhe em verdade te digo hoje, estarás comigo no paraíso" Jesus disse ao ladrão, que hoje, que naquele momento,  ele lhe dizia,  que ele havia alcançado a salvação, e que um dia, ele estaria com Ele no paraíso, e este dia não seria hoje, e como veremos a frente, este dia  é a sua segunda volta, e então até chegar este momento, o ladrão iria para o sheol dos salvos.

I- Ressuscitar e ressurgir são a mesma coisa?

          O verso de João 5:29 diz: os que praticaram o bem irão para ressureição da vida,  e aqueles que praticaram o mal ressuscitarão para serem condenados.

          Ressuscitar é voltar ao corpo físico, como Lázaro, a quem Jesus ressuscitou. E ressurgir é em espírito, a imagem e semelhança de Deus.

          Apocalipse 20:6 diz: Feliz e santo é aquele que toma parte na primeira ressureição! Sobre ele a segunda morte não tem poder, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo: reinarão com ele durante os mil anos. No versículo anterior o 5 vemos: Os outros mortos não tornaram a vida, até que se completasse os mil anos.

          Então os do sheol dos salvos, ressurgirão primeiro, mil anos antes do que os que estão no sheol profundo, e estes,  do sheol profundo, ressuscitarão, tornarão a vida, e aos seus corpos físicos, mil anos depois. E esta diferença é muito importante, veremos um pouco mais a frente.  A primeira ressureição acontecerá na segunda vinda de Cristo, conforme I Tessalonicenses 4:16 Os mortos em Cristo ressurgirão primeiro. 

II- A vitória do Rei Jesus

          Como vimos na sua caminhada para Jerusalém, como um Rei, que o era, foi ensinando o seu exercito, sobre o que era o seu Reino. Os falsos religiosos judaicos, tinham certeza, que com a sua crucificação, haviam vencido. Porém, isto era só o inicio da grande vitória final do Rei Jesus. Satanás sabia que não havia vitoria nenhuma, nem dele e nem dos falsos religiosos.

a) A crucificação do Rei Jesus.
Toda a trajetória da vida humana de Jesus, foi prevista através de profecias no Velho Testamento, e todas se cumpriram ate o  ato da crucificação:

Veja as profecias:
1- Semente de Mulher ( Genesis 3:15) se cumpriu com o seu nascimento através de Maria (Gálatas 4:4)
2- Descendente de Abraão (Genesis 12:3) Mateus 1:1 genealogia de Jesus Cristo
3- Descendente de Isaque (Genesis 17:19) Lucas 3:34
4- Descendente de Jacó (Números 24:17) Mateus 1:2
5- Da tribo de Judá (Genesis 49:10) Lucas 3:33
6- Herdeiro do Trono de Davi (Isaías 9:7) Lucas 1:32-33
7- Ungido e eterno (Salmos 45:6-7 e Salmos 102:25-27) Hebreus 1:8-12
8- Nascido em Belém (Miquéias 5-2) Lucas 2:4,5 e 7
9- Época do seu nascimento ( Daniel 9:25) Lucas 2:1-2
10 - Nascido de uma virgem (Isaías 7:14) Lucas 1:26-27 e 30-31
11- Matança de Crianças (Jeremias 31:15) Mateus 2:16-18
12- Fuga para o Egito (Oseias 11:1) Mateus 2:14-15
13- Preparação do caminho (Isaías 40:3-5) Lucas 3:3-6
14- Precedido pelo precursor (Malaquias 3:1) Lucas 7: 24-27
15- Precedido por Elias (Malaquias 4:5-6) Mateus 11:13-14
16- Declarado Filho de Deus (Salmos 2:7) Mateus 3:17
17- Ministério na Galileia (Isaías 9:1-2) Mateus 4:13-16
18- Falando em parábolas (Salmos 78:2-4) Mateus 13:34-35
19- Um profeta (Deuteronomio 18:15) Atos 3:20 e 22
20- Consolador dos Oprimidos ( Isaías 61:1-2) Lucas 4:18-19
21- Rejeitado pelo seu próprio povo (Isaías 53:3) João 1:11 e Lucas 23:18
22- Sacerdote da ordem de Melquisedeque (Salmos 110:4) Hebreus 5:5-6
23- Entrada Triunfal (Zacarias 9:9) Marcos 11:7,9 e 11
24- Amado pelas crianças (Salmos 8:2) Mateus 21:15-16
25- Não creram nele (Isaías 53:1) João 12:37-38
26- Traído por um amigo íntimo (Salmos 41:9) Lucas 22:47-48
27- Traído por 30 moedas de prata (Zacarias 11:12) Mateus 26:14-15
28- Acusado por falsas testemunhas (Salmos 35:11) Marcos 14:57-58
29- Silencio sobre as acusações (Isaías 53:7) Marcos 15:4-5
30- Cuspido e esbofeteado (Isaías 50:6) Mateus 26:67
31- Odiado sem razão (Salmos 35:19) João 15:24-25
32- Sacrifício Vicário (Isaías 53:5) Romanos 5:6;8
33- Crucificado com malfeitores (Isaías 53:12) Marcos 15:27-28
34- Transpassado pelas mãos e pés ( Zacarias 12:10) João 20:27
35- Ridicularizado e zombado (Salmos 22:7-8) Lucas 23:35
36- Injuriado (Salmos 69:9) Romanos 15:3
37- Oração pelos inimigos (Salmo 109:4) Lucas 13:34
38- Soldados repartem suas vestes (Salmos 22:17-18) Mateus 27:35-36
39- Abandonado por Deus (Salmos 22:1) Mateus 27:46
40- Nenhum osso quebrado (Salmo 34:20) João 19: 32-33 e 36
41- Seu lado foi aberto (Zacarias 12:10) João 19:34
42- Sepultado com os ricos ( Isaías 53:9) Mateus 27:57-60
43- Ressuscitado ( Salmos 16:10 e 49:15) Marcos 16:6-7
44- Ascensão para à direita de Deus Pai ( Salmos 68:18) Marcos 16:19; I Corintios 15:4; Efesios 4:8

          Diante de tantas evidencias, você ainda tem alguma dúvida de que Jesus Cristo, é o Messias de Deus? ou pensa como os espíritas, que foi apenas uma alma aperfeiçoada, que passou por aqui. Ou somente um profeta, como dizem os judeus, os budistas, os induistas, etc...

          A religiosidade diz que Jesus ficou 3 dias sepultado,  antes de ressuscitar, mas a Bíblia, não diz isto, veja ele foi crucificado na hora Nona, ou seja as 15,00 hs para nós, da sexta feira, o sábado judaico, se iniciaria as 12 hs, ou seja as 18,00 horas da sexta feira, então ele teria que ser sepultado antes das 18 hs, pois pela Lei, nenhum condenado, poderia ter seu corpo, exposto durante o sábado. Então foi sepultado na sexta feira. O sábado se iniciava as 18 hs da sexta e terminava as 18 hs do sábado, são 24 horas.  Jesus ressuscitou na primeira hora do terceiro dia, ou seja entre 6,00 e 7,00 horas. Então são 3 horas na sexta, das 15 às 18 hs, 24 horas no sábado, das 18 às 18 hs, e de 12 à 13 hs no terceiro dia , das 18 às 6 ou 7 hs. Então Jesus, esteve sepultado por 40 horas, e não três dias,  e quarenta na bíblia é tempo de restauração. Jesus ressuscitou "ao" terceiro dia, e não "após" o  terceiro dia.

b) O que aconteceu durante estas 40 horas na terra.

          Jesus veio a terra, a imagem e semelhança de Deus, como nós ser humanos, porém sem pecados. E morreu então como todo ser humano,  e seu corpo espiritual, foi para o sheol, como todo ser humano. Mas ainda vamos nos ater ao momento da sua morte.

Isaías 25:7-8, o profeta diz: Nesse monte tirará o véu que vela todos os povos, a cortina que recobre todas as nações, e fará desaparecer a morte para sempre. O Senhor Deus enxugará as lágrimas de todas as faces e tirará o opróbrio que pesa sobre o seu povo, porque o Senhor o disse.

          Quando Jesus foi crucificado, pouco antes de entregar o seu espírito, o véu do templo se rasgou, Lucas 23:45, e então clamando em alta voz, expirou (verso 46), cumpriu-se a profecia do Profeta Isaías, A Lei estava cumprida, a separação que havia entre Deus e os homens, foi rasgada, o acesso a Deus, que somente podia ser feito através do Sumo-Sacerdote, e uma vez por ano, estava liberado, todos agora tem acesso direto a Deus, através do seu Filho Jesus Cristo. Mateus 27:51 diz: E eis que o véu do templo se rasgou em duas partes de alto a baixo, e a terra tremeu, fenderam-se as rochas.

          O profeta Oseias disse: Oseias 13:14 E eu o libertaria do Sheol, isenta-lo-ia da morte? Onde estão tuas calamidades ó morte? Sheol profundo onde está o teu flagelo destruidor?

          O profeta disse que Deus enviaria Jesus ao Sheol, e que como todo homem, teria que seguir o seu curso natural,  a morte, e que Jesus não seria isento disto.  E Jesus foi. Mas ressurgiu (no grego "te anastasei") e ressuscitou (no grego"anastasis"), Jesus é o único ser humano, em que ressurgiu em espírito, e ressuscitou o corpo físico, quando aparece aos seus discípulos, ora aparece com o corpo espiritual, atravessa paredes, e ora aparece com o seu corpo físico, mostrando a Tomé as marcas da crucificação, visto que no corpo espiritual, não tem marcas, ou comendo pão e peixes com seus discípulos. Porque?  Paulo disse em I Corintios 15:42 Assim também é a ressureição dos mortos. Semeado na corrupção, o corpo levanta incorruptível. Em muitas traduções em vez de " se levanta"  está "ressuscita", mas o correto é ressuscitar, é voltar ao corpo físico, e o que levanta incorruptível, é o corpo espiritual, portanto ele ressurge, e não ressuscita. Mas veja semeado na corrupção, isto é cheio de pecados, o corpo da pessoa é levado a sepultura, e lá se desfaz, vai ao sheol com seu corpo espiritual, e então ressurgirá, na segunda volta de Cristo, incorruptível. Isto para os do sheol dos salvos, porque os do sheol profundo é diferente.

          Jesus morreu e foi sepultado, mas como seu corpo não tinha pecado, não era corruptível, não podia permanecer na sepultura, não poderia ser desfeito,  por isto a sua sepultura está vazia. Então testificava isto aos seu discípulos, ora aparecendo em corpo, ora em corpo espiritual, e havia dito, aos discípulos, que isto aconteceria, logo no inicio do seu ministério, veja João 2:19-22. Em João 20:9 diz: Em verdade, ainda não haviam entendido as Escrituras, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dentre os mortos.

           A vitória sobre a morte e sua passagem pelo sheol, deveria ser testemunhada por quem estava lá. Veja Salmos 16:10 Pois não deixaras a minha alma na morte, e nem permitirás que teu santo veja corrupção. E o Salmos 49:15 Mas Deus remirá a minha alma do poder da Morte, pois Ele me tornará para si. E em Atos 2:31 diz: É, portanto, a ressureição de Cristo que ele previu e anunciou por estas palavras: Ele não foi abandonado no Sheol, e sua carne não conheceu corrupção.  Então, para testemunho de sua vitoria, sobre o sheol e a morte,  Deus permitiu que alguns ressuscitassem dos mortos, voltassem do sheol ao corpo físico, Mateus 27:52-53 diz: Os sepulcros se abriram e os corpos de muitos justos ressuscitaram. Saindo de suas sepulturas e entraram na cidade santa depois da ressureição de Jesus, e apareceram a muitas pessoas.

          Muitos acham que isto aconteceu, no momento da crucificação, quando a terra tremeu e o véu se rasgou, mas veja que o texto é claro, "após a ressureição de Jesus", então foi ao terceiro dia entre a 6 e 7 horas da manhã. Veja o verso seguinte, os guardas estavam guardando a sepultura de Jesus e : O centurião e seus homens que montavam guarda a Jesus, diante do estremecimento da terra e de tudo o que se passava, disseram entre si, possuídos de grande temor: Verdadeiramente,  este homem era Filho de Deus

          Então Paulo pode dizer em I Corintios 15:55 A morte foi tragada pela vitória. Onde está ó morte a tua vitória? Onde está ó morte, o teu aguilhão?  E foi esse tremor que abriu a sepultura de Jesus. E não pensem que os mortos que ressuscitaram,  voltaram esfarrapados, como zumbis, em filmes de terror, voltaram bem vestidinhos, com os seu corpos completos, falando normalmente como seres humanos.

          Afinal não aconteceu o mesmo com Lázaro? seu corpo já estava em decomposição, pois já era o quarto dia, mas Lazaro, não voltou faltando pedaços, voltou normal. Lembram-se da passagem de Ezequiel 37,  em que Deus, restaura os esqueletos, e cada ossos, procuram o seu próprio esqueletos, e os transforma em pessoas humanas. Deus pode todas as coisas, inclusive transformar esqueletos em corpos físicos completos. Jesus venceu a morte, e eles, os que ressuscitaram com Ele,  vieram testemunhando isto!

c) o que aconteceu no sheol nestas 40 horas

          Jesus vai para o sheol. Mas como não tinha pecado através do seu corpo, então não podia passar por julgamento, então Ele nem podia ir para o Sheol dos salvos, e nem para o sheol profundo. Mas como Ele disse em João 5:25-27 Em verdade em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do filho de Deus, e os que ouvirem viverão. Porque como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu ao filho ter a vida em si mesmo; E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o filho do homem.

          E como já vimos também neste texto, que ele não julga sem ouvir (verso 30) foi e anunciou o evangelho no sheol profundo, aqueles que não tinham tido oportunidade, veja I Pedro 3:18-20 De fato, o próprio Cristo morreu em vez por todas pelos pecados, o justo pelo injusto, a fim de voz conduzir a Deus. Ele sofreu a morte em seu corpo, mas recebeu a vida pelo Espírito. Foi então que Ele proclamou a vitória, inclusive para espíritos aprisionados; falo das pessoas que foram rebeldes outrora, nos tempo de Noé, quando Deus se demorava em castigar o mundo. Mas quem eram estes? do tempo de Noé, que foram rebeldes, quando Deus se demorava em castigar o mundo?  São os primeiros homens da Terra, os pré-históricos. Veja que Deus enviou Adão, para ensinar a estes, mas Adão falhou, a linhagem de Adão, conhecia a Deus, mesmo a desviada de Caim o conhecia. Os que não o conheciam eram os pré-históricos, e como morreram no diluvio, sem nunca terem ouvido falar de Deus, portanto não tiveram oportunidade, e como Jesus, não julga sem ouvir, por justiça lhes deu a oportunidade. I Pedro 4:6 diz: Por isso mesmo o evangelho também foi  pregado também a mortos, para que eles, mesmo julgados no corpo segundo os homens, vivam pelo Espírito segundo Deus .

          E digo mais, continua a julgar mortos até o dia de hoje, e o fará até a sua vinda. Pessoas que nunca tiveram oportunidades, tais como os que vivem dentro da janela 10x40, na China, na Índia, os próprios índios que morreram antes da colonização, aqui nas América, Ele continua a lhes pregar na entrada do sheol, da-lhe a oportunidade, pois sem ouvi-los não os julga, Veja o que diz I Pedro 4:5 " Ele está preparado para julgar os vivos e os mortos. Por isto  disse na parábola do grão de mostarda(Lucas 13:19) que o Reino de Deus, será enorme, o Reino de Deus não segue a lógica humana, muitos que você acha que não estará lá, vai estar, e muitos que você acha que estará lá, não estará.

          Foi o que disse a Pedro: Pois eu te digo tu es Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e a porta do Hades não prevalecerá contra ela. (Mateus 16:18) A maioria das traduções traz a palavra "inferno" em vez de "hades" mas é um erro de tradução, a palavra é hades, e Jesus estava dizendo a Pedro, que o sheol profundo, não teria mais pessoas que os céus. Mas não se esqueça isto é para os que não tiveram oportunidades, você já está tendo a sua, portanto decida-se.

          Foi ao sheol, e venceu a morte e o sheol profundo, veja Apocalipse 1:18 Sou aquele que vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre. Amem! E tenho as chaves da morte e do Hades(sheol)

d) O arrebatamento do Rei Jesus.

          Vemos, nos textos bíblicos de João 20 e 21,  que Jesus aparece a seu discípulos, ora em corpo físico, que podia ser tocado, ora em corpo espiritual que atravessava paredes. E foi visto por mais de 500 discípulos, (I Corintios 15:6). E vemos também no capitulo 1 de Atos dos Apóstolos que deu suas instruções, pelo Espírito Santo,  aos seus discípulos, como um rei, e foi arrebatado (Verso 2). A palavra grega, que consta no texto, é " árrhena" que é arrebatado, conforme Apocalipse 12:5b, Mas seu filho foi arrebatado para junto de Deus e seu trono.

          E não elevado como consta na maioria das traduções, a única correta é a versão católica. Você pode me perguntar mas qual a diferença? A diferença é que temos três relatos bíblicos de arrebatamento, incluindo este de Cristo, ainda o de Enoque (Genesis 5:24) apenas a NVI trás a tradução correta do verbo hebraico, " ser recolhido" que é o mesmo que arrebatado, levado com o corpo físico,  e o de Elias, a mesma palavra " ser recolhido" II Reis 2:3, e ambos prefiguraram a presença de Cristo aqui na terra, e em ambos os casos, foram arrebatados, ou recolhidos,   levados com seus próprios corpos físicos, e são os dois unicos que estão no sheol dos salvos, com seus corpos físicos, pois prefiguram o proprio arrebatamento de Jesus.  Jesus foi ressuscitado por Deus em seu corpo físico, e ressurgiu o seu corpo espiritual a imagem e semelhança de Deus. E então seu corpo físico não poderia permanecer aqui, pois não havia visto corrupção.

          E permaneceu entre os discípulos por 40 dias (versículo 3) entre a ressureição e o arrebatamento, este tempo era o tempo de expiação, de purificação dos pecados da humanidade,  que foram colocados sobre ele, para que pudesse ir para o Pai. Veja Hebreus 1:3 ...havendo feito por si mesmo a purificação de nossos pecados, assentou-se a destra da Majestade nas alturas. Muitos pregam que Jesus recebeu os pecados da humanidade no momento da crucificação, mas isto também é um erro de interpretação.

          Sabemos que Jesus veio cumprir a Lei, como Ele mesmo disse. Em Leviticos 16, Deus dá a Moisés as instruções de como Abraão o sumo-sacerdote, faria a expiação de pecados, e vemos que no verso 5, Deus diz, que o povo deveria trazer dois bodes, um para sacrifício (que era para o Senhor) e o outro para expiação (que era para Azazel, ou seja Satanás, Azazel é o nome dele), versículos 7 à 10, e o bode da expiação, o de Azazel, deveria ser levado ao deserto, como bode emissário. O bode do sacrifício era imolado (verso 15) e seu sangue era levado, ao tabernáculo, no Santos dos Santos, e aspergido sobre o propiciatorio  e em frente do propiciatório. O propiciatório, era a tampa da Arca da Aliança, onde haviam os dois querubins, e Deus falava com Abraão e Moisés, entre os querubins. O bode da expiação, versículo 21, Abraão deveria impor as suas mãos sobre a cabeça do bode, e confessar todos os pecados dos filhos de Israel, todas as transgreções, e o enviava ao deserto pelas mãos de um homem encarregado para isto.

No versículo 22 vemos que Deus diz: Assim aquele bode levará sobre si todas as iniquidades deles à terra solitária; e deixará o bode no deserto. 

          Jesus, saiu de Nazaré e foi até o local que João Baptista batizava, o batismo de João Baptista era o do arrependimento, (Mateus 4:13) e este lugar, onde João Baptista batizava,  era Gilgal, em Betânia (João 1:28)

          Jesus caminhou aproximadamente 100 km para chegar a Gilgal e ser batizado. Porque Gilgal ? Veja: Gilgal foi a porta de entrada do povo Israelita na terra prometida, o rio Jordão naquele lugar está encravado entre dois montes, e para se chegar ao rio Jordão, é preciso descer uma depressão de 800 metros. O rio naquele lugar, em épocas de cheia, fica com aproximadamente 1 km de largura. Leia Josué os seus capítulos 3,4,5 e veja a história.

          Foi o lugar em que Deus abriu o Jordão, para que o povo, passasse em pés enxutos, e neste lugar celebraram a pascoa, e  neste lugar circuncidaram os que haviam nascidos no deserto, e neste lugar ergueram um altar com 12 pedras, e chamaram aquele lugar de Gilgal que significa "recomeço".

          Em Gilgal começou a liderança de Josué, seu nome em hebraico, YAOHUSHUA, que significa YAOHUH SALVA. O grande líder, Josué,  como um Rei guerreiro, um conquistador, derrotou todos os Reis que habitavam a terra prometida, para que o povo pudesse habitá-la, como Deus,  havia prometido a Abraão.

          Um recomeço com Deus, o reinicio de uma nova vida com Deus. Josué prefigura a Cristo como Rei, e quando vencia suas batalhas, trazia despojos de guerra (Josué 8:2 e 8:27) e trazia prisioneiros (Deuteronomio 21:10-11).

          Gilgal em uma das margens do Jordão fica Betânia, e na outra margem fica Betel (II Reis 2:2) e Jericó (II Reis 2:4)  e foi neste lugar que também o profeta Elias, atravessou o Jordão em seco, (2 Reis 2:8) e foi arrebatado ( II Reis 2:11). Foi o lugar onde Lázaro foi ressuscitado por Jesus ( João 11:18)

          Jesus, cujo nome hebraico é YAOHUSHUA, você acha que eu errei, não! eles tinham o mesmo nome! Estes nomes que vemos hoje, não são seus verdadeiros nomes, esta confusão, começou a partir de 1500, vamos falar disto numa outra postagem, mas Jesus,  prefigurando o povo caminha 100 km, era o começo do seu ministério, e tudo com Deus, para se iniciar alguma coisa no seu Reino,  para se iniciar algum ministério, e pode ser hoje, e com seu próprio filho, não seria diferente,  era preciso descer, para poder subir, Jesus como o povo teve que descer aquela depressão de 800 metros, prefigurando o principio mais básico dentro do  Universo, seja ele céus ou terra,  principio este, estabelecido na criação do mundo, que é o princípio da " Humildade"  sem ela no Reino de Deus, não se chega a lugar algum, a palavra nos diz, que todo aquele que se humilhar será exaltado. E todo o que se exaltar será humilhado, palavras do próprio Jesus (Mateus 23:12) veja que Jesus não diz, que quem se exaltar vai se tornar humilde, para poder ser exaltado, mas ele diz que será humilhado mesmo! Para ser exaltado, é preciso tornar-se humilde, e é diferente de ser humilhado. Humilhado é passar por humilhações mesmo, é ser desmascarado. Tornar-se humilde é uma decisão sua, dentro do seu livre arbítrio, é de dentro para fora. Ser humilhado, é uma imposição, é de fora para dentro, e o fato de ser humilhado, não o torna humilde.

          Então Jesus é batizado por João Baptista. Porque João Baptista? Veja a genealogia de João Baptista: Lucas 1:5 , João Baptista tinha direito ao sumo sacerdócio, por ser da tribo de Levi. Veja:  seu pai Zacarias da ordem de Abias (I Cronicas 24:10 e Neemias 12:17)), e sua mãe Isabel descendente direto de Araão.

          Jesus também para cumprir a Lei, iniciou seu ministério com 30 anos, (Lucas 3:23) ele tinha o direito de sumo-sacerdócio por primogenitura, por ser descendente de Abraão, que por sua vez era descendente de Adão, o primeiro sumo sacerdote. Veja que na genealogia, Ele, é considerado filho de José, mas sabemos, que biologicamente, José não teve participação no nascimento de Jesus, Ele foi gerado pelo Espírito Santo, então muitos dizem, que não seria descendente de Davi, mas veja que pela genealogia de Jesus, temos  Zorobabel, aquele, que do tempo de Esdras e Neemias (Esdras 5:2 e Neemias 12:47), e este Zorobabel, descendente de Davi, era o governador de Judá, e este, Zorobabel, quem liderou a reconstrução do templo (Zacarias 4:9-10). Zorobabel construiu um templo de pedras, o ultimo deles, pois foi destruído no ano 70 DC, pelos romanos, Zorobabel era descendente de Salomão, por parte de pai;  e de Natã, por parte de mãe, ambos descendentes direto de Davi, e Zorobabel prefigura a Cristo conforme Ageu 2:23 Naqueles dias ó Zorobabel...far-te-ei como um anel de selar, porque te escolhi, diz o Senhor dos Exércitos.  E de Zorobabel como um elo, como um anel, ele é o antepassado comum, de José e Maria. Da sua descendencia, sai a linhagem de José (Mateus 1:12-13), José era descendente de Abiúde.

          E da outra linhagem, da sua descendencia, sai a que gerou Maria (Lucas 3:27) Maria era descendente de Resá,, Zorobabel como profetizado, a ligação Davidica de José e Maria. Zorobabel o construtor do último templo de pedra, e Jesus o que constroi templos, não feitos por mãos humanas.  Quando você se arrepende e confessa Jesus como teu salvador, ele entra e faz morada, o templo passa a ser eu e você! Veja o elo espiritual, o anel de selar. Você agora é selado pelo Espírito Santo (Efesios 1:13) Zorobabel que era o anel de hereditariedade, a abertura do elo, que se fecha em José e Maria, formando o anel,  gera Jesus o anel permanente, o que sela com o Espírito Santo!

          A lei exigia que para o exercício do sacerdócio era preciso ter 30 anos (Números 4:23) e conforme Lucas 3:23 veja que tem um parêntese no texto (como se cuidava) e com Jesus não poderia ser diferente, e como João Baptista era apenas 6 meses mais velho, também aconteceu o mesmo, ambos iniciaram seus ministério com 30 anos para se cumprir a Lei.

          Nós vimos em Leviticos 16, que sobre o bode da expiação, o sumo sacerdote, Abraão, colocava as mãos na cabeça e transmitia todo o pecado do povo, e o enviava a Azazel no deserto. Foi o que aconteceu no batismo de Jesus, João Baptista o sumo-sacerdote, por direito Levítico, impôs suas mãos sobre a sua cabeça e transmitiu-lhe todo o pecado da humanidade, e como acontecia com o bode, Jesus foi levado ao deserto para Azazel, ou seja Satanás, tentá-lo, por 40 dias "tempo de expiação". No batismo Jesus foi o bode da expiação de pecados, e na crucificação do bode do sacrifício. Mateus diz ainda que a medida em que ele, curava e libertava as pessoas, ia recebendo os pecados daquelas pessoas (Mateus 8:17) para se cumprir a profecia de Isaías 53:4.

          Outro fator importante no batismo de Jesus, é que apesar de Jesus ser primo de João Baptista (Lucas 1:36) eles não se conheciam (João 1:31) e a descida do Espírito Santo, era a senha, para que João Baptista pudesse saber, que Jesus era o Messias (João 1:32-33).

          João Baptista o precursor de Jesus, o que preparou o caminho, conforme as profecias, (João 1:23) como todos no Reino de Deus, humilde, tanto na vida cotidiana, se alimentava de mel e gafanhotos, como humilde espiritualmente, veja o que ele diz sobre Jesus, João 3:30 É necessário que Ele cresça e que eu diminua. Sem humildade não se obtém nem salvação, e preciso tornar-se humilde, para se reconhecer como pecador. João Baptista, veio antes de Jesus, pregando o arrependimento, e Jesus veio pregando a salvação. E isto também é um principio de Deus, estabelecido na criação, para se salvar é primeiro preciso se arrepender, e não tem como inverter esta ordem, sem arrependimento não há salvação. Por isto João Baptista veio primeiro pregando arrependimento, e depois veio Jesus pregando salvação. Sem arrependimento, não há mudança de atitudes, e portanto não há salvação. Por isto João Baptista veio primeiro e Jesus depois.

          Mas vamos ver o texto do arrebatamento de Jesus: Lucas 24:50-51 Depois os levou para Betânia, e levantando suas mãos, os abençoou. E enquanto os abençoava, separou-se deles e foi arrebatado aos céus. (Versão Católica). Então qual o local onde Jesus foi arrebatado aos céus? Gilgal! Atos 1:9 fala também do seu arrebatamento, e veja que Ele desaparece entre as nuvens, e aparecem dois varões vestidos de branco, e dizem: (Verso 11) Este mesmo Jesus, que dentre vós foi arrebatado aos céus, voltará da mesma forma que o viram subir.

          Jesus era um Rei de um Reino que não era terreno como Ele, mesmo disse (João 18:36). Paulo em Efesios 4:8 diz pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou muitos cativos, cumulou de dons os homens. (Versão do original grego) que condiz com a Versão Católica. Veja na maioria das traduções aparece " levou cativo o cativeiro" dando a entender que Ele levou consigo o Sheol,  primeiro é um erro de tradução, não existe a palavra cativeiro no texto, segundo como nós vimos no texto de Atos 1, a única ocorrência sobre natural, além do seu arrebatamento, foi a presença dos dois varões vestidos de branco. E na versão católica, ainda faz referencia ao texto, que serviu de base para Paulo, que é o Salmos 68:19 Bendito seja o Senhor todos os dias; Deus, nossa salvação, leva os nossos fardos. O que Jesus levou consigo, foi nossos fardos, nossos pecados, por isto ele foi o bode da expiação. Mas não levou nenhum condenado do sheol com Ele, não levou nenhum salvo com Ele, nem o Enoque e nem Elias,  não levou o sheol com Ele.

           Ele tem sim a chave do sheol profundo, e veremos mais para a frente, que durante o milenio ele prende Satanás no Sheol profundo com os condenados. Então ele não levou ninguém com Ele, todos permanecem no sheol.  Ele também representou na sua morte,  na cruz, o Novilho de Leviticos 16:3, para fazer expiação por si mesmo, conforme Hebreus 1:3, não tinha pecados, mas carregava os nossos, os nossos fardos, veja que a expiação do sumo sacerdote, acontecia antes do bode da expiação ser levado ao deserto, por isto ficou mais 40 dias aparecendo,  ora em corpo físico, ora em corpo espiritual,  a seus discípulos, para expiar os nossos pecados que estavam sobre Ele.    

III - A segunda volta de Cristo

          Jesus disse em sua caminhada a Jerusalém, que voltaria, e que neste dia seria aclamado Rei em Jerusalém (Lucas 13:34-35). Os dois homens vestidos de branco em Atos 1, também o disseram. Jesus também disse em  João 5:28-29 que os mortos ouviriam a sua voz, e uns para a ressureição da vida, outros para a condenação eterna. Quando isto ocorrerá? Ele disse em Apocalipse 3:3 Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.

Então esta hora, somente o Pai o sabe! Mateus 24:36 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.  

          Portanto qualquer pregação que voce ouvir, que Ele voltará em 2012, ou que está para voltar de imediato, é pura heresia, Ele mesmo disse que só o Pai sabe! Já ouvi algumas pregações a respeito. Uma delas o pregador dizia, baseado nos tres dias entre a morte e a ressureição, que se de Adão a Abraão foram 2000 anos (primeiro dia) de Abraão a Jesus foram 2000 anos (segundo dia) e de Jesus até nossos dias já são 2000 anos (terceiro dia) então a sua volta é imediata. Uma outra é que se Deus criou tudo em 6 dias, e se um dia para Deus, são 1000 anos, então de Adão até nós são 6000 anos, ou seja estamos vivendo o 6 dia, portanto a sua volta é imediata. Mas Ele mesmo disse que quem sabe é somente o Pai, então marcar datas para a volta de Jesus, é querer ser superior a Ele, e ao Pai, e isto é pura soberba. E heresia!

          I Tessalonicenses 4:13-17 descreve esta volta, e o texto nos chama a atenção para dois fatos, os vivos serão arrebatados com seus próprios corpos, e os mortos ressurgirão, em muitos textos está ressuscitarão, mas a palavra grega é "ressurgir", e subirão as nuvens para se encontrar com Jesus para sempre. Outro fato que nos chama a atenção está no versículo 16: Os mortos em Cristo ressurgirão primeiro. Então os que estão no sheol dos salvos, ressurgirão primeiro do que os que estão no sheol profundo, e ainda,  primeiro dos que estão vivos na terra. Os que estão no sheol profundo dos condenados, Apocalipse 20:4-5 é claro sobre o que lhes acontecerá, primeiro os salvos reinarão com Cristo por mil anos, esta é a primeira ressureição, e então somente depois deste tempo, os do sheol profundo ressuscitarão, ou seja mil anos depois.  Veja que a palavra grega é ressuscitarão, com seus corpos físicos. O Verso 6 ainda completa que feliz e santo é aquele que toma parte na primeira ressureição! sobre eles a segunda morte não tem poder.

          Então aqui na segunda volta de Cristo, os mortos do sheol dos salvos, serão levados ao céu, para viver com Deus e Jesus, aqui começa a ter ser humanos nos céus. Mas os do sheol profundo, ressucitarão mil anos depois para a condenação.

         Veja que nos versículos 1 e 2  de Apocalipse 20, é descrito que um anjo, com a chave do abismo, ou sheol profundo, no Novo Testamento em Hebraico, está Amoq Sheol, em grego só diz, abismo, mas se trata do sheol profundo, e este anjo tem a chave do sheol profundo, e ele tem porque Jesus lhe deu, pois durante as 40 horas em Jesus esteve no sheol, tirou de Satanás a chave do Sheol profundo (Apocalipse 1:18), e agora o anjo prende Satanás por mil anos no Sheol profundo. Isto acontece na segunda vinda de Cristo a terra.

          Conforme o versículo 7 de Apocalipse 20, mil anos depois Satanás é solto do Sheol profundo, e tenta novamente lutar contra Deus, e no versículo 10 então, vemos que Satanás é lançado no lago de fogo, onde já estavam a besta e o falso profeta. O registro de que foram lançados no lago de fogo esta em Apocalipse 19:20. O versículo 10 de Apocalipse 20 ainda nos diz, que serão atormentados eternamente. Então e somente a partir daqui começa o Inferno.

          No versículo 12 de Apocalipse 20 descreve, que os que estavam no sheol profundo, que ressuscitaram mil anos depois, são julgados, conforme estava escrito no livro da vida, e foram julgados conforme as suas obras. Então vemos em seguida, no versículo 13, que o mar restitui os mortos, isto é, os seu corpos são restituidos, pois ressuscitaram,  e não ressurgiram, e o sheol profundo devolve seus corpos espirituais, e todos os mortos que estavam no sheol profundo,  são lançados no inferno, o versículo 15 diz que todo o que não foi encontrado no livro da vida, é lançado no Inferno, e esta é a segunda morte. Então serão atormentados eternamente, com sofrimentos em seus corpos físicos.

           Agora então podemos entender o que estava em Hebreus 11:39-40 todos os herois da fé, descrito no capitulo, e todos os que morreram salvos em Cristo, até hoje, e ainda os que morrerão até a segunda volta de Cristo, somente  chegarão a terra prometida, alcançarão a promessa, na primeira ressureição, e então todos juntos, com os que estão vivos ainda aqui na terra, chegaremos aos céus,  e esta foi a coisa melhor que Deus nos preparou, descrita no versículo 40, chegaremos ao ceus todos juntos. O Exodo prefigura a caminhada do Cristão em direção a Canaã Celestial, e se você voltar em Josué 1, verificará que todos entraram na terra prometida juntos. Ninguém entrou antes, mas todos juntos, e nos céus a mesma coisa, todos juntos, o ladrão da cruz, não entrou antes de ninguém, foi para o sheol, e só sai de lá na primeira ressureição, junto com os demais.

IV- Com que corpo estão os mortos no sheol?

          Em João 4:24 vemos o próprio Jesus Cristo dizendo " Deus é espírito", se somos criados a imagem e semelhança de Deus, então também somos espírito. Quando estamos vivos, temos o nosso corpo físico, e o corpo espiritual, e uma das maiores evidencias de que isto é verdade, é quando vemos relatos de pessoas que perderam parte de seus corpos físicos, por amputação, ou por uma doença, mas que continuam a relatar que sentem a parte que não mais existe, como se existisse. Então o corpo que está no sheol é o corpo espiritual.

V- Qual a aparência do corpo espiritual?

          A sua mesma, esta mesma aparencia que tem o seu corpo físico. Quando Lázaro estava no sheol, o rico não o reconheceu? E Lázaro também não reconheceu o rico no sheol profundo? Foi exatamente pela sua aparência  física. Jesus quando aparecia aos seus discipulos, a aparencia que Ele apresentava não era a mesma que Ele tinha quando estava em corpo físico aqui na terra? Pois saiba que a sua aparencia enquanto você estiver no sheol, ou depois quando você for para os céus, e espero muito que isto aconteça, será a mesma do seu corpo físico que tem hoje. E te digo mais, você chegará lá completo, ate com seus orgão sexuais, você não chegará mutilado.

          Ah! mas você vai me dizer, mas Jesus disse que nos céus, são como os anjos, não se casam e nem se dão em casamento. E isto que Jesus disse, como todas as outras coisas que Ele disse, é verdade. Só que você tem que entender, que lá nos céus, não vai nascer mais ninguém, todas as pessoas que tiverem que nascer, nascerão aqui na terra, e então vem a primeira ressureição. Quando Deus disse aos seres humanos que Ele criou (Genesis 1:28) "Frutificai, multiplicai-vos e enchei a terra" então isto era para acontecer aqui na terra, lá nos céus não vai haver multiplicação nenhuma.

          Então seus orgãos sexuais tem utilidade aqui na terra, nos céus não! então seremos como os anjos, não multiplicaremos, então os orgãos sexuais não terão utilidade. Mas eles fazem parte do teu corpo físico e também do seu espiritual, portanto apesar de inúteis nos céus, eles estarão com você. Quando Deus, terminou a criação no sexto dia, e Ele a contemplou, Ele não viu só que Ele já havia criado ate aquele momento, mas o que também seria criado, Ele viu toda a criação do principio ao fim, Ele me viu, Ele viu a você, e sabe exatamente o que seremos, como sabe o que será de toda a humanidade, e neste momento da visão da criação Ele disse: é muito bom! Se os seus orgão sexuais não pudessem te acompanhar na primeira ressureição, teria dito: é quase bom, só precisa tirar os orgão sexuais antes da primeira ressureição.

VI - O corpo transformado
 
          Paulo em II Corintios 15:52 diz que na primeira ressureição, nossos corpos serão transformados, os mortos ressuirgirão e vivos transformados, e isto será numa fração de segundos, como ele diz, num abrir e piscar de olhos.

          Mesmo nossos corpos espirituais não são incorruptiveis, pois foram submetidos ao pecado no corpo físico, e em pecado ninguém pode ver a Deus, então para podermos viver com Deus e Jesus nos céus, nossos corpos tem que se tornar incorruptiveis, e isto acontecerá na primeira ressureição.

Concluindo
 
          Então enquanto não houver a primeira ressureição, ninguém vai aos céus, permanecem no sheol dos salvos, e enquanto não houver a segunda ressureição, ninguém vai ao inferno, permanecem no sheol profundo. E os da segunda ressureição, os condenados, irão para o inferno com corpo físico e espiritual, e então será a segunda morte. Foi isto que Deus disse a Adão na criação, e ele não entendeu, pois Satanás distorceu as palavras de Deus.

Deus nos abençoe! E nos de entendimento das suas palavras.

Google+ Followers

Postagens populares