terça-feira, 3 de setembro de 2013

Fofocas devem ser evitadas!


Fofocas

          Fofocas é uma contaminação da mente, do coração e da boca, através da qual usamos nossas palavras para falar mal de uma pessoa que não está presente para defender-se.
 
         A fofoca tem um poder de destruição incrível, pois aquilo que é falado não serve para edificação de ninguém, mas somente para difamação, julgamento e distorção de fatos.
 
          Ao praticarmos isso, estamos desonrando e julgando a pessoa sobre quem falamos, disseminando uma espécie de veneno. Esse veneno, chamado fofoca, é amplamente divulgado nos programas vespertinos da televisão, por exemplo.

"Irmãos, não faleis mal dos outros. Aquele que fala mal do irmão, ou julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei, ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz." (Tiago 4:11)

          As consequências podem ser grandes e de difícil controle. Quem faz a fofoca pode ser perdoado, mas na maioria das vezes não consegue conter os danos que causou. A fofoca mata, pois tem poder de destruir a vida da pessoa e a sua reputação. Tudo o que levou anos para ser conquistado, pode ser destruído através de uma fofoca. Uma pessoa pode até ter errado, mas não existem justificativas para espalhar a notícia desse erro de forma a expô-la. O fofoqueiro possui um coração tendencioso ao mal e a ver a queda do seu próximo.

          DEUS sabe que somos pecadores Ele perdoa-nos, ajuda-nos a não errarmos mais e não espalha nossos erros para todos. É dessa mesma maneira que devemos ser com nossos irmãos, olhar os outros através da misericórdia e do amor de DEUS. Já pensou se DEUS fizesse fofoca dos nossos erros?

"O que encobre a transgressão adquire amos, mas o que traz o assunto a baila, separa os maiores amigos." (Provérbios 17:9)

           DEUS faz de tudo para que o erro cometido, isto é, o pecado, seja resolvido, mas quando não queremos mudar as nossas atitudes, aí sim as outras pessoas vão percebendo, toda a falha de caráter vem a tona e as consequências virão, mais cedo ou mais tarde.

          DEUS dá-nos inúmeras chances para nos arrependermos de nossos erros, mas quando desprezamos essas chances, os pecados que até então eram segredos tornam-se conhecidos e descobertos. DEUS usa essa situação para correção, disciplina e futura honra, mas satanás usa essa mesma situação para acusação, opressão e vergonha.

          Uma maneira interessante de sabermos se o que iremos falar é fofoca ou não, é passar por três peneiras:
  • Primeira Peneira: O que iremos falar é bom e verdadeiro?
  • Segunda Peneira: O que iremos falar vai edificar a vida do nosso irmão?
  • Terceira Peneira: O que iremos falar vai melhorar a situação dos envolvidos?
          Caso não passe neste teste, o melhor a fazer é controlar a nossa boca e a nossa língua. Mas como agir caso um irmão venha até nós para fazer uma fofoca?

  1. Devemos pedir ao irmão que coloque-se no lugar daquele que é alvo da fofoca, compreendendo-o com olhos de misericórdia.
  2. Caso o irmão não aceite, devemos pedir a ele para irmos até o outro e juntos orarmos buscando o perdão.
  3. Caso, ainda assim, ele não aceite, devemos mostrar a nossa posição contrária a situação e alertá-lo desse mal.
          Se tivermos um problema entre irmãos em nossas mãos, para o qual não encontramos a solução, podemos leva-los aos nossos líderes, sem que isso seja considerado fofoca. Podemos, por exemplo, contar os fatos sem citar nomes. Desabafar com seu líder é buscar edificação, procurar em mãos seguras a solução para um problema. Bem aventurado é aquele que pacifica a situação. Sejamos agentes de paz e não de guerra!
 

Google+ Followers

Postagens populares