terça-feira, 3 de setembro de 2013

O Poder das Nossas Palavras


O Poder das Nossas Palavras

          Deus criou o universo, os céus, a terra e tudo o que há nela, criou também o mundo espiritual, estabelecendo todas as leis e princípios que o regem.
 
         Deus criou tudo através da palavra liberada e, por meio de um comando verbal, o que estava sem forma e vazio, transformou-se em algo com vida. Foram palavras de vida lançadas por Ele.

"No principio, criou DEUS os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia, e havia trevas sobre a face do abismo, e o ESPIRITO de DEUS se movia sobre a face das águas. E disse DEUS: Haja luz. E houve luz". (Gênesis 1:1-3).

"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com DEUS, e o Verbo era DEUS. Ele estava no princípio com DEUS. Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez." (João 1:1-3)

         O verbo dá-nos a idéia de uma palavra de ação, com capacidade de mudar totalmente o sentido de algo. JESUS representa o Verbo de DEUS e, através dEle, tudo se fez.
 

Palavras Liberadas tem o poder de influenciar

          DEUS deu ao homem autoridade nas suas palavras, autoridade essa que lhe permite abençoar ou amaldiçoar. Ao longo da Bíblia, podemos ver quão sério é isso, pois são várias as orientações feitas pelo SENHOR quanto ao falar, visto que as palavras podem causar vida e morte. A palavra que sai da boca é uma forma do homem relacionar-se com o seu próximo, com o mundo espiritual e com DEUS, sendo um meio de ordenar fenômenos e idéias, uma forma de comunicação e um meio de obter domínio ou exercer influencia na forma de benção ou maldição.

          Não precisamos ir muito longe para notarmos o quanto as palavras exercem influencia sobre circunstancias ou pessoas. Programas de televisão, sejam de auditório, jornalísticos ou novelas, tem força influenciadora sobre o comportamento e opinião dos que os assistem. Por meio de palavras liberadas, podemos ser influenciados a mudar a nossa própria postura e opinião. Selecionar aquilo que se ouve e assiste, determina a sua influencia: programas de qualidade beneficiarão seu caráter, programas inúteis e cheios de malignidades, por sua vez, te prejudicarão e contaminarão, influenciando negativamente o seu caráter.

          Quando escutamos os cultos de nossa igreja, podemos ser influenciados, pois as palavras que fluem do altar tem poder e autoridade de alimentar-nos espiritualmente, a idéia do sermão atinge-nos e leva-nos a mudar o nosso caráter de acordo com a vontade de DEUS. Todo pregador, então, ciente do poder que DEUS deu as suas palavras e tendo responsabilidade ao lidar com isso, deve deixar DEUS conduzir os cultos, afinal, uma palavra infeliz liberada no altar também pode influenciar negativamente o caminhar de alguém com CRISTO.


          Podemos também, ser influenciados por aulas assistidas na faculdade, em algum curso, na escola bíblica, pois as palavras lançadas pelos professores possuem poder de transformação e persuasão.

          Para todos os casos citados acima, as palavras podem ser boas ou ruins. Toda a palavra pode ser expressa na forma de benção ou de maldição.


As Palavras acionam o mundo espiritual

          O mundo natural ou físico reflete os acontecimentos do mundo espiritual, por isso, as palavras que saem da nossa boca, boas ou más, acionam o mundo espiritual para realização de algo no físico ou natural. Elas tem poder de ligar e desligar fatos no mundo espiritual.

"Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu. (Mateus 18:18)

          Tendo em vista que nossas palavras tem o poder de ligar e desligar acontecimentos no mundo espiritual, por intermédio delas liberamos e também recolhemos palavras do mundo espiritual.

          Por exemplo, vamos imaginar que uma pessoa lança a seguinte palavra sobre uma criança: "olha como ela é bonita, desse jeito, terá vários namorados, terá o homem que quiser aos seus pés, será tão desejada, que vai ficar rica com isso!". Esse tido de frase pode até parecer inocente e sem problemas, mas, a partir do momento que entendemos o funcionamento do mundo espiritual, essa frase tem o efeito de uma sentença de maldição sobre a criança. Se essas palavras não forem quebradas e recolhidas das regiões espirituais, haverá sobre essa vida uma maldição relacionada, entre outras coisas, a sensualidade, a prostituição, a promiscuidade, a vulgaridade.

          O nosso inimigo não respeita as boas intenções, não respeita nada, a não ser a autoridade espiritual constituída por DEUS. Quando ele encontra palavras de maldição no mundo espiritual, usa essas mesmas palavras contra quem as falou e contra o alvo de tais palavras, sem jamais verificar a intenção daquele que as pronunciou: se boa, se má, se num momento de explosão, etc. Para uma palavra maldita liberada, faz-se necessário o seu recolhimento e a quebra do poder, para que satanás não tenha legalidade de usá-la. As palavras recolhidas e sem efeito de ação, devem ser entregues nas mãos de DEUS, para que Ele dissipe-as.

Quebrar maldições e liberar bênçãos

          Para cada maldição quebrada, precisamos, em seguida, liberar uma palavra de benção. No exemplo dado anteriormente, podemos declarar que a menina realmente é bonita e sempre será, terá o melhor marido para ela, ambos serão prósperos e felizes, sempre no centro da vontade de DEUS.

          Ao ligarmos uma palavra aqui no plano natural, ligamos também no plano espiritual, fazendo com que esse decreto retorne para o natural de forma concreta, ao desligarmos uma palavra aqui no plano físico, desligamos no espiritual, e a sentença não mais recai no mundo natural. Sendo assim, precisamos ligar as palavras de benção aqui na terra para que sejam ligadas no céu.

          Toda palavra liberada deixa a nossa boca "carregada de determinado poder": benção ou maldição. Uma palavra bem colocada ou aplicada pode mudar, transformar e erguer uma vida, mas se esta for mal aplicada ou colocada, poderá muda-la negativamente.
 

Google+ Followers

Postagens populares